Postado em 28/11/2016 às 15:01

Brasília mantém o maior PIB per capita do Brasil

No acumulado geral de 2014, a capital do País ficou em oitavo lugar. Índice é a soma dos bens e serviços produzidos no período de um ano

 

 

 

 

 
 

Brasília teve o melhor crescimento do País em Produto Interno Bruto (PIB) por indivíduo em 2014. Com população de 2,852 milhões de habitantes, a capital brasileira atingiu R$ 69.216,80 no PIB per capita. Mais que o dobro do nacional, de R$ 28.500,24, e distante do segundo maior, São Paulo (R$ 42.197,87). O menor é do Maranhão, de R$ 11.216,37. Em 2013, o índice foi de R$ 62.859,43, também o maior do País.

Os dados foram levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com órgãos estaduais de estatística. A instituição oficial do sistema de contas regionais de Brasília é a Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), que apresentou as informações na manhã desta segunda-feira (28).

No ranking geral, o Distrito Federal acumulou, em 2014, R$ 197,432 bilhões no PIB, o que o manteve na oitava colocação nacional de crescimento. Ainda assim, a variação brasiliense do índice, de 2%, foi maior que a do País, de 0,5%.

“Esses 2% são compostos por crescimento na produção e por crescimento nos impostos”, explicou a chefe do Núcleo de Contas Regionais da Codeplan, Sandra Regina Silva. Ela apontou que o aumento da renda nos setores de agropecuária (que subiu 42,5%) e de serviços (2,4%) manteve a variação positiva, enquanto indústria teve queda (-6,8%).

R$ 69.216,80
PIB per capita de Brasília em 2014

Apesar do número alto para agropecuária, o setor tem pouca influência no crescimento de Brasília. “O território do DF é pequeno, e a agropecuária daqui consiste em grande parte da agricultura. O espaço de cultivo é restrito, então, quando chove, toda a produção recebe a chuva”, disse Sandra. Também por conta da restrição, a produção afeta pouco o PIB.

O que é o PIB
O PIB é uma soma dos valores da produção de bens e de serviços ao consumo intermediário e aos impostos. Para medir os números de 2014, o IBGE e a Codeplan analisam uma série de dados desde 2010 para criar um comparativo entre os resultados anuais. No primeiro ano, o PIB local atingiu R$ 144,174 bilhões; em 2011, R$ 154,569 bilhões; em 2012, R$ 164,101 bilhões; e em 2013, R$ 175,907 bilhões.

Como os valores levam 18 meses para serem levantados pelo IBGE e fornecidos para os órgãos estaduais, os números só podem ser publicados dois anos após a pesquisa. O que explica o lançamento de informações de 2014 em 2016.

Índices participativos do DF no PIB do País e do Centro-Oeste
A participação do DF no PIB nacional reduziu de 3,7% em 2010 para 3,4% em 2014. São Paulo (32,2%), Rio de Janeiro (11,6%) e Minas Gerais (8,9%) são as unidades federativas com maior participação. Acre (0,2%), Amapá (0,2%) e Roraima (0,2%) registram os menores índices do ano anterior. Já no Centro-Oeste, a participação de Brasília passou de 40,6% para 36,4% nos mesmos períodos, em virtude dos aumentos de Mato Grosso, de 16,0% para 18,7%, e Mato Grosso do Sul, de 13,3% para 14,5%.

Acesse a íntegra da pesquisa.

 
 

Fonte:

 
 

Atualizado em 06/11/2018 às 16:05

 
  •  
  • ENDEREÇOS
  •    Secretaria de Economia do Distrito Federal
  • Anexo do Palácio do Buriti
  • 10º andar, sala 1001
  • CEP: 70075-900
  •    Protocolo Central
  • Protocolo Central Ed. Anexo - Palácio do Buriti, Térreo, sala 106 - Brasília - DF
  • CEP: 70075-900
  • Central 156 (Distrito Federal)
  • 0800-644-0156 (demais localidades)
  •  
  • Acesso à Informação