Postado em 15/08/2017 às 13:39

Prospera entrega mais R$ 356,5 mil em cartas de crédito

Com o 11º lote de 2017, serão beneficiados 39 microempreendedores. A vendedora de roupas femininas Iraci Milomes dos Passos conta que vai investir o dinheiro em capital de giro

 

 

 

 

 
 

Mais R$ 356,5 mil em microcrédito produtivo orientado foram liberados pelo governo de Brasília por meio do Prospera. O 11º lote de 2017 beneficiará 27 microempreendedores urbanos, no valor total de R$ 176.781,86, e 12 rurais, com R$ 179.753,99.

A entrega das cartas urbanas ocorreu na manhã de hoje, no Setor Comercial Sul, no auditório da Secretaria Adjunta do Trabalho, da pasta do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

Entre os contemplados estava Iraci Milomes dos Passos, de 66 anos, que mora em Samambaia e vende roupas femininas.

A microempreendedora contou que já recorreu mais de cinco vezes ao programa e que utilizará o recurso para capital de giro.

Questionada sobre os benefícios de pagar as parcelas dentro do prazo, ela destacou a possibilidade de pegar novas cartas de crédito e o aumento gradativo do valor liberado.

“É muito bom, porque estou sempre girando o negócio e pagando as coisas em dia”, disse. Graças ao dinheiro do Prospera, Iraci pode comprar à vista do fornecedor e vender a prazo para os clientes.

Com esse 11º lote, já são R$ 4,7 milhões repassados em contratos em 2017. De acordo com a Secretaria Adjunta do Trabalho, a meta é investir R$ 11 milhões neste ano.

 

Antes de as cartas serem entregues, a adimplência dos microempreendedores foi ressaltada pelo secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Gutemberg Gomes.

 

“Só conseguimos ter montante de recursos para emprestar se houver, de fato, os pagamentos em dia”, frisou o titular da pasta. Os documentos de crédito foram entregues pelo secretário adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour.

 

Como solicitar o Prospera

 

Todas as agências do trabalhador podem auxiliar com informações, mas os pedidos de crédito do Prospera são feitos nas unidades do Plano Piloto (Setor Comercial Sul, Quadra 6, Lotes 10 e 11) e de Taguatinga (Avenida das Palmeiras, Quadra C4, Lote 3).

 

O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas.

 

No caso da área rural, os interessados devem procurar um dos postos da Emater-DF, que também atendem de segunda a sexta. O horário é diferente: das 8 horas ao meio-dia e das 13 às 17 horas.

 

O programa de microcrédito produtivo orientado da Secretaria do Trabalho é desenvolvido com o apoio do Banco de Brasília (BRB) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF).

 

Duas cartilhas (uma para o público urbano e outra para o rural) auxiliam com mais informações sobre o benefício.

 

Pedidos de crédito do Prospera DF

 

Para a área urbana

 

Nas Agências do Trabalhador do Plano Piloto (SCS, Quadra 6, Lotes 10 e 11) e de Taguatinga (Avenida das Palmeiras, Quadra C4, Lote 3)

De segunda a sexta-feira

Das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas

 

Para a área rural

 

Nas unidades da Emater-DF

De segunda a sexta-feira

Das 8 horas ao meio-dia e das 13 às 17 horas

 
 

Fonte: Agência Brasília

 
 

Atualizado em 23/10/2018 às 14:55

 
  •  
  • ENDEREÇOS
  •    Secretaria de Economia do Distrito Federal
  • Anexo do Palácio do Buriti
  • 10º andar, sala 1001
  • CEP: 70075-900
  •    Protocolo Central
  • Protocolo Central Ed. Anexo - Palácio do Buriti, Térreo, sala 106 - Brasília - DF
  • CEP: 70075-900
  • Central 156 (Distrito Federal)
  • 0800-644-0156 (demais localidades)
  •  
  • Acesso à Informação