Postado em 12/01/2017 às 12:50

Empresários e governo discutem medidas para o desenvolvimento de Vicente Pires

Em reunião nesta quinta-feira (12) com representantes do comércio e da indústria, Rollemberg recebeu propostas para o crescimento econômico na região

 

 

 

 

 
 

Comerciantes de Vicente Pires apresentaram, na manhã desta quinta-feira (12), as principais demandas do setor ao governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. Foram discutidos temas, na visão deles, essenciais para o desenvolvimento econômico local. Os empresários elencaram quatro demandas que julgaram mais urgentes.

Entre as principais medidas, eles solicitaram a venda dos lotes comerciais no mesmo modelo como ocorre no Programa de Apoio ao Empreendimento Produtivo do Distrito Federal (Pró-DF). “Isso impulsionaria o setor e faria com que investíssemos sem medo”, explicou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Vicente Pires, Anchieta de Sousa Coimbra.

O governador pediu ao secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes, presente no encontro, que buscasse opções para a construção de um projeto de lei que possibilite a regularização desses lotes. “Vamos encontrar uma alternativa para que possam comprar a área de forma incentivada. Isso é bom para todos”, resumiu Rollemberg, ao observar que a matéria deverá ser enviada à Câmara Legislativa.

"Vamos encontrar uma alternativa para que possam comprar a área de forma incentivada. Isso é bom para todos"
Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Os representantes empresariais reconheceram o esforço do governo em promover benfeitorias dentro da legalidade. “Temos observado que, desde que assumiu, o senhor tem dado um olhar diferenciado para Vicente Pires. Tem se preocupado com obras, com regularização. Nós, comerciantes, também estamos precisando de ações mais diretas”, disse Coimbra.

O segundo tema levantado foi a construção de uma área próximo ao Taguaparque destinada a comércio e lazer, semelhante à do Pontão, do Lago Sul. A medida, na visão do presidente da associação, aumentaria a segurança e a geração de emprego, além de aquecer a economia em Vicente Pires e Taguatinga.

Rollemberg avaliou ser importante que a comunidade se reúna e apresente alternativas de interesse comum para quem vive na região. “Estamos prontos para adotar a solução que a população achar melhor.”

Os comerciantes também solicitaram melhoria na segurança local e a criação de uma Área de Desenvolvimento Econômico, que também será avaliada pela pasta comandada por Bernardes. O governador lembrou que em 2016 o DF alcançou a menor taxa de homicídios dos últimos 23 anos e disse que janeiro de 2017 está com oito mortes a menos que no mesmo período do ano passado.

Ele acrescentou que a quantidade de roubos a comércio também apresentou queda nos primeiros dias do ano. Segundo Rollemberg, o governo tem trabalhado nas áreas onde os índices são mais críticos, e o resultado tem aparecido.

Atenção especial a Vicente Pires
Durante a reunião, o governador ressaltou que Vicente Pires é uma região que deve receber forte investimento nos próximos anos, com as obras de infraestrutura em andamento e o processo de regularização. “Vocês devem ter percebido que pedi ao Júlio [Menegotto], que está como administrador de Vicente Pires interinamente, um esforço concentrado nas operações de tapa- buraco, na troca de iluminação e em ações que possam melhorar a qualidade de vida da cidade, enquanto esses investimentos mais robustos estão sendo realizados”, elencou.

Menegotto, que também é diretor da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), participou da reunião, que ainda contou com a presença do presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal do DF (Terracap), Júlio César Reis.

 
 

Fonte: Agência Brasília

 
 

Atualizado em 05/11/2018 às 17:29

 
  •  
  • ENDEREÇOS
  •    Secretaria de Economia do Distrito Federal
  • Anexo do Palácio do Buriti
  • 10º andar, sala 1001
  • CEP: 70075-900
  •    Protocolo Central
  • Protocolo Central Ed. Anexo - Palácio do Buriti, Térreo, sala 106 - Brasília - DF
  • CEP: 70075-900
  • Central 156 (Distrito Federal)
  • 0800-644-0156 (demais localidades)
  •  
  • Acesso à Informação